MENU

Amigão PetShop

Meu carrinho
Telefone

ATENDIMENTO

  • (42) 3226-8940 - Uvaranas
  • (42) 3224-4407 - Nova Rússia
  • (42) 3222-1230 - Oficinas

Piometra: saiba mais sobre a doença e como prevenir em seu pet!

A doença é comum em cadelas e gatas não castradas, e se não for tratada pode se agravar e levar ao óbito do animal. A prevenção é sempre o melhor remédio!

O que é: segundo o médico veterinário das lojas Amigão Pet Shop, Jorge Schastai, a piometra pode ser definida como uma infecção no útero do animal durante o período de cio. Isso ocorre porque durante o cio existe diminuição das defesas naturais do útero, sendo mais suscetível a infecções, além disso a produção hormonal cria um ambiente favorável a proliferação de bactérias, principalmente a Escherichia coli. A doença pode ser de dois tipos; aberta, que se caracteriza por corrimentos purulentos com mau cheiro e a fechada, onde a infecção obstrui o colo do útero que impede a eliminação de secreção, essa forma é mais grave porque os sintomas vão ser mais tardios e isso representa um risco a vida do animal.

Sintomas: no tipo aberto o principal sinal é a secreção de mau odor, na piometria fechada pode apresentar perda de apetite, aumento do consumo de água e volume de urina, fraqueza, febre, vômito e aumento do volume abdominal. Com o avanço da doença outros órgãos podem ser afetados, como por exemplo o rim. O risco de ruptura do útero também é agravado e isso coloca a vida de seu pet em risco.

Tratamento: pode ser feito o uso de antibióticos juntamente com a internação para remoção cirúrgica do útero e ovários, dessa forma elimina-se totalmente a infecção.

Prevenção: a melhor forma é fazendo a castração da fêmea, e já que a piometra está relacionada a atividade reprodutiva do animal. A melhor idade é por volta dos 6 meses, já que quando mais cios a fêmea passar, maior será o risco de desenvolvimento da doença.

ALERTA: o uso de contraceptivos orais e injetáveis nos pets aumenta a predisposição a piometra, portanto evite o uso e sempre que possível consulte um médico veterinário.

 Acessar meu carrinho de compras